#0328_Casa Bruno Alves
casa bruno alves
  • casa bruno alves
  • casa bruno alves
  • casa bruno alves
  • casa bruno alves
  • casa bruno alves
  • casa bruno alves
  • casa bruno alves
  • casa bruno alves
  • casa bruno alves
Conceptualmente o projecto nasce da própria dificuldade de trabalhar o terreno. A percepção inicial do terreno deu-nos o mote para que a intervenção ocorresse em socalcos que por sua vez iriam definir o programa. Deste, destacava-se a vontade de amplitude espacial e de segurança. Com esta abordagem diminuiu-se o impacto que esta edificação teria na morfologia. As formas volumétricas que surgem no terreno aproveitam-se dos pontos favoráveis de modo a permitir uma melhor integração do edificado no terreno. Outro factor que "desenhou" a forma foi a adequação da exposição solar à habitação. O programa era extenso e procurou-se hierarquizar os espaços, permitindo uma maior fluidez nas circulações e espaços dinâmicos com interacções entre os vários compartimentos ou pisos. Como resultado final, pretendia-se uma habitação que se dissimulasse na vegetação depois de previamente requalificada, quer verticalmente com novas espécies de árvores, quer com coberto vegetal nas coberturas o que proporcionaria uma ausência de "cobertura" visto não se distinguir o que passaria a ser terreno ou construção. A habitação passaria assim a ter como referências arquitectónicas exclusivamente muros de cor preta (ladrilhos e zinco).

Ficha técnica

Tipologia: Habitação.
Localização: Póvoa de Varzim, Portugal.

Arquitectura: GRAU.ZERO Arquitectura + Paulo Campos, Arq.

Dono de obra: Bruno Alves.
Projecto:Jun.008/Set.008
Área de intervenção: 1100 m²

Grau Zero